top of page

Eduardo Perondi se mantém na pista e fatura GP da China

Alegretense de 19 anos se aproveitou de erros dos adversários e conquistou a vitória na última volta.

Edu cruza a linha de chegada e vence o GP da China da categoria F1.


No último dia 11 a BRL desembarcou em Xangai para a realização do grande prêmio da China, terceira etapa da temporada. Pela categoria F1, era esperado um duelo intenso entre as duplas de McLaren (BRL Davizin e vSirah) e Racing Point (BRL Bruno Will e BRL Perondi).


Com um treino classificatório equilibrado e clima seco durante toda a sessão, Davizin conquistou sua segunda pole position na BRL, com Sirah completando a primeira fila, com ambas Racing Points logo atrás.


Na largada os quatro primeiros mantiveram suas posições e assim ficaram até os pitstops, logo nas voltas 4 e 5. Na volta 7 BRL Joao Paulo se acidentou na curva 14, o que ocasionou a entrada do Safety Car. Davizin, Sirah e Perondi já haviam feito suas paradas, enquanto que Bruno ainda estava na pista. Com a bandeira amarela, aproveitou para realizar a sua parada e ganhou a terceira colocação de Perondi, e por pouco não voltou na frente de Sirah.

BRL Davizin em primeiro no momento da relargada.

Na relargada, Davizin liderou o pelotão e Sirah teve problemas no momento de relargada, o que fez com que perdesse posições e caísse para o quarto lugar. Após algumas voltas com dificuldades em pressionar Perondi, Sirah perdeu o ponto de freada na curva 14 e quebrou parte da asa dianteira ao tocar na traseira do piloto da Racing Point. Por conta de problemas posteriores a quebra de bico, foi para os boxes e abandonou a prova. É o primeiro abandono de Sirah na BRL desde o GP do Bahrein da temporada 8, quando se chocou com o muro enquanto disputava a vitória com Bruno Will.


Na disputa pela liderança, Davizin foi dominante. Com uma vantagem de mais de três segundos para Bruno e Perondi, o piloto da McLaren forçou tudo o que pôde e conseguiu se manter fora do alcance do DRS, mesmo com o trabalho dos dois em trocarem posições. Porém no meio da última volta, Davizin sofreu com um furo no pneu dianteiro esquerdo, o que lhe tirou da disputa pela vitória. Com isso, Bruno Will assumiu a liderança e cruzou a linha de chegada em primeiro, porém Perondi foi o vitorioso da etapa já que Bruno tinha punições de tempo.

Pneu de Davizin fura na metade da última volta.


Assim como na categoria F2, a BRL F1 possui três vencedores em três corridas diferentes, enquanto que um deles possui um abandono. Com nove etapas restantes e um grid super equilibrado, é certo que terá mais vencedores daqui em diante.




37 visualizações0 comentário
bottom of page