top of page

David Tonizza impressiona e domina 1ª noite do F1 Esports Pro Series

Atual bi-campeão Brendon Leigh decepciona e não conquista grandes resultados.

No último dia 11/09, foi dada a largada para as finais do mundial de F1 virtual. O F1 2019 Esports Pro Series, é a fase final do campeonato, onde os 20 melhores pilotos de F1 virtual do mundo representarão as equipes oficiais da Fórmula 1, e disputarão pelo título de melhor do mundo e uma premiação de mais de 2 milhões de reais. No primeiro evento, foram disputadas corridas em 3 pistas: Circuito do Bahrein, da China, e do Azerbaijão. E os resultados foram surpreendentes. Estreando na 3ª edição da competição, a Ferrari trouxe um line-up 100% italiano. David Tonizza, Amos Laurito e Gianfranco Giglioli formam o trio da escuderia, e David fez uma estréia de peso. Ganhou 2 das 3 corridas iniciais e se consolidou na liderança do campeonato, com 65 pontos. O Atual bi-campeão do mundo e primeiro piloto da Mercedes, Brendon Leigh, não fez boas corridas e conseguiu somente um 4º lugar como melhor resultado, em Baku. De acordo com informações de bastidores, isso se deve ao fato da saída de seu ex companheiro de equipe da Mercedes, Daniel Bereznay, pois ele era o principal responsável pela criação e montagem de setups para os pilotos, algo que o Brendon Leigh não domina com tal maestria, nem mesmo seus novos companheiros: o polonês Patryk Krutyj e o australiano Daniel Shields.

Falando em Daniel Bereznay, a sua nova equipe, a Alfa Romeo, não começou o Pro Series como esperava. Isso porque o Húngaro se envolveu em um incidente na primeira corrida com David Tonizza, e com isso rodou e quebrou a asa, terminando fora dos pontos. Na 2ª etapa, disputando pela vitória, o piloto Húngaro teve problemas em seu equipamento da Fanatec (Tanto na base do volante como pedais) e foi forçado a abandonar a etapa. Em Baku, sofreu com problemas em seu equipamento novamente na classificação, e terminou em 6º após uma corrida de recuperação. Seu companheiro de equipe Salih Saltunç mostrou ser um candidato forte ao título com boas performances nas etapas iniciais, inclusive conquistando um pódio no Bahrein, cruzando a linha em 3º lugar.

Além de novos nomes, como David Tonizza e o holandês Jarno Opmeer da Renault, outro piloto continua sendo um grande postulante ao título do Pro Series. O dinamarquês Frederik Rasmussen, agora representando a Red Bull, venceu a 3ª etapa de Baku e ficou no pódio na China, o que prova que o 1º piloto da equipe austríaca continua em forma desde 2018 e é um forte candidato para o título mundial.


E nos construtores, a disputa é ainda mais equilibrada: Renault, Alfa Romeo e Red Bull são as principais equipes a disputar o título, e ao longo da temporada, espera-se um crescimento de Mercedes e Ferrari nesta disputa, e com 3 eventos presenciais e 9 etapas restantes, tudo pode acontecer, ainda mais que o 1º evento trouxe muitas surpresas.


Confira todo o cronograma do F1 Esports Pro Series 2019 e do Qualify para o F1 Esports Pro Draft 2020:


25 visualizações0 comentário
bottom of page