Danilo Bottesi vence duelo contra Tavares e fatura GP da China

Piloto da FXBR conquista uma vitória na F2, em uma etapa marcada por mudanças climáticas e fair play.


No último domingo (10), a BRL desembarcou em Xangai para realizar o grande prêmio da China, terceira etapa das categorias F1 e F2. Pela categoria F2, a expectativa do público estava alta em FXBR Tavarez, que conquistou a vitória no Bahrein desbancando a dupla da Williams, de FXBR Giiibs e FXBR Poseidon. Apesar disso, algumas manobras se tornaram o tópico principal da etapa.

Giiibs cruza a bandeirada em primeiro para vencer em Xangai.


Após um top 6 ser separado por somente 3 décimos na classificação, a pole position ficou com Giiibs com o tempo de 1:29,622, ao lado de seu companheiro de equipe, FXBR Poseidon. Porém, a corrida já se desenhava de forma diferente com a presença da chuva e duas desconexões: de Poseidon e de BRL Jonh, piloto da Racing Point.


Ambos não conseguiram retornar ao lobby antes da largada, e por conta disso, ambas as IAs responsáveis pelo controle do carro de ambos os pilotos, largaram com 10 segundos de antecedência em relação ao restante do grid. Por conta dessa saída mais precoce, CRT Aztreak queimou a largada e assim se iniciou a etapa.


Apesar das condições adversas por causa da pista molhada, não houveram incidentes na primeira volta. Na volta dois, Poseidon conseguiu retornar ao lobby e, em uma atitude de fair play, diminuiu a velocidade e devolveu as posições que ganhou por conta do bug na largada. O mesmo aconteceu com BRL Jonh, que ao retornar a corrida na quarta volta, teve a mesma atitude de fair play e cedeu todas as posições que havia ganho.

BRL Jonh cede posições por conta dos problemas na largada.


Conforme a corrida avançou e a chuva parou, Giiibs e Tavarez se isolaram na disputa pela liderança. Entre as voltas 8-9, todos os pilotos foram para os boxes para colocarem os pneus de pista seca, variando entre pneus médios e duros, enquanto que Jonh arriscou os pneus macios.


Na volta 15, houve outra atitude de fair play na corrida. Após uma deconexão do até então líder da corrida, Tavarez, Giiibs segurou seu ritmo e não ultrapassou o piloto da Red Bull até que o mesmo retornasse ao lobby, para que continuassem a disputa pela liderança até o final da corrida


Na volta 25, Giiibs fez a ultrapassagem final em cima de Tavarez e conseguiu sustentar a liderança até o fim para vencer na F2 pela primeira vez, depois de deixar a vitória escapar nas duas primeiras corridas da temporada. Apesar de toda a disputa entre ambos os pilotos, eles terminaram onze segundos na frente do terceiro colocado, SJT EuderJR, que brigou de forma intensa pelo pódio com CRT Aztreak e PIRA Lucas M até a última volta.

SJT EuderJR e CRT Aztreak colidem na última volta, na briga pela terceira posição.


Após a terceira etapa da temporada, a categoria F2 encontra-se com três vencedores diferentes. A Williams que se mostra a equipe mais forte do campeonato, não consegue replicar os resultados de classificação na corrida. Será que nos Países Baixos será diferente??


33 visualizações0 comentário